Águias não usam escadas

“Águias não usam escadas!” respondeu Gibran ao seu diretor que insistia em dizer que as conquistas devem ser galgadas degrau a degrau.

 

Hoje, eu me pergunto: por que andar quando se pode voar?

 

Trazemos conosco todas as capacidades para nos lançarmos a novos voos!

Dentro de cada um de nós existem todos os recursos para vivermos a vida que tanto sonhamos, basta encontra-los!

 

E encontra-los nem sempre é uma tarefa fácil, não é?

 

Que tal procurar agora?

 

Pegue uma folha e um lápis, escreva todas as suas habilidades e capacidades, vá listando sem pensar.

Quando você achar que acabou, pense nas capacidades que seus amigos e familiares dizem que você tem e escreva-as também, mesmo que não sinta que sejam verdadeiras (alguém as viu em você!)

 

Veja que sua lista está aumentando!

 

Agora vamos coloca-las em prática!

 

Pense em algo que deseja fazer nos próximos dias, meses ou daqui um ano e que vem a sua mente com um sentimento de desconforto, pode ser a busca de um emprego novo, um almoço para amigos, uma viagem, um encontro espiritual…

 

O que você precisa para realizar tal objetivo? Organização, planejamento, comunicação…enfim, pense e escreva em uma outra folha.

 

Muito bem, agora pegue sua lista das capacidades e cruze-a com a lista das coisas que você precisa para realizar seu objetivo, e perceba que você já tem o que precisa.

 

Mas falta um empurrão nessa águia para que ela voe mais alto!

 

E esse empurrão chama-se ATITUDE!

 

Para que você aprecie a paisagem de novos voos é necessário ser audacioso e simplesmente FAZER!

 

Comece por esse exercício!

 

Te vejo no alto!

 

Luciana Cairo