Antes de morrer

 Mês que vem completo 42 anos. Dependendo da idade que se tem, 42 anos pode parecer pouca ou muita idade. Para minha filha de 13 anos é muita idade, denomina pessoas com mais de 40 anos, velhos. Para meu pai que tem 70 anos é pouca idade, diz que a vida só está começando.

Mas e eu? O que acho?

Tenho essas reflexões de vez em quando…principalmente perto do meu aniversário.

Conclui dessa vez que não é pouco nem muito.

Em 42 anos fiz, vi e experimentei muitas coisas, minha “mochila da vida” está recheada. Mas não estou satisfeita, quero mais, há muito que fazer, ver e experimentar por isso mudei minha vida para fazer e ser tudo o que queria.

A pergunta que faço a mim mesma, qual é a prioridade, qual é o prazo para fazer cada coisa.

Pretendo viver até a casa dos 100 anos, já que a ciência hoje me favorece, então o cuidado que tenho que dispensar com minha saúde e alimentação são imediatos, não podem ser deixado para depois. Para viver até os cem, a prioridade é comer melhor hoje, por exemplo.

E assim, acontece com os meus outros objetivos de vida.

Desconsiderando o fato que para chegar aos 100 preciso da graça divina também, uma vez que ninguém sabe o dia e nem a hora de partir para a viagem mais intrigante do ser humano, tenho feito a minha parte, tenho vivido intensamente cada momento esforçando-me para ser a cada dia que passa uma pessoa melhor.

Não quero que meus descendentes contem a história de como morri, mas de como vivi esta dádiva nos presenteada diariamente.

 

Beijos,

Luciana


 

Qual sua prioridade?

Qual é seu plano para o próximo ano? Para os próximos cinco, dez, vinte anos?

 

Não sabe por onde começar?

Assine nossa newsletter e receba gratuitamente  o ebook e o curso  – “A Vida Que Você Quer”