Gratidão

A gratidão setorizada

Helloooo!

Como vai você?

 

Como prometi, hoje vou falar sobre a gratidão setorizada.

Semana passada falei sobre as duas coisas que indicam e atestam que você vive em gratidão e citei sobre a gratidão setorizada.

 

Gratidão setorizada, como a própria palavra diz, entende-se como a gratidão agindo em setores ou áreas de sua vida.

A área ou setor em que você é mais grato é onde você certamente possui os resultados que deseja.

 

Para exemplificar podemos distribuir nossas vidas em setores como: relacionamentos, trabalho, saúde, desenvolvimento pessoal, aspectos financeiros, contribuição social. Em cada área dessas, podemos ainda, criar novas subdivisões, como por exemplo, em relacionamentos, ter os setores de relacionamento amoroso, relacionamento social ou de trabalho.

 

E como a gratidão é setorizada, se você é grato de forma genérica nem sempre, você obtém os resultados almejados.

 

Dizer, sou grata pela minha saúde é diferente de declarar que sou grata pelo bom funcionamento das minhas pernas, por exemplo.

Dizer que sou grata por mais um dia de vida, é diferente de dizer, sou grata por estar viva e poder realizar as atividades em prol de meu propósito.

 

Consegue compreender?

 

A gratidão é um grande aliado para que todas as áreas da vida fiquem em equilíbrio e esse será um dos nossos exercícios na 1ª Manhã de Gratidão, identificar quais setores estão travando nosso desenvolvimento e encontrar as possibilidades para que tudo volte a fluir.

 

Para esta semana, desejo que você foque na área quer expandir!

 

Ótimo final de semana!

 

Luciana Cairo

Life Coach

2 indicadores que atestam se você vive em gratidão

2 indicadores que atestam se você vive em gratidão

Tudo bem?

 

Hoje quero falar sobre 2 indicadores que atestam se você vive em gratidão ou não.

 

É muito comum, dizermos que somos gratos. Clamamos para todos os lados a palavra Gratidão, obrigado para um lado e para o outro. E aqui, ainda faço uma ressalva, há muito modismo por aí, ser grato ou colocar em uma publicação – Gratidão – tornou-se algo “legal”, “moderno”, o que te coloca em uma outra categoria de ser humano…

 

Mas como saber se realmente uma pessoa é grata? Que sente gratidão profundamente?

 

Fácil!

 

1- Pessoas gratas são FELIZES!

Não importa a circunstância que estão vivendo, pessoas gratas são felizes, sabem tirar o melhor de cada circunstância.

 

2- Pessoas gratas são DOADORAS!

As pessoas que realmente são gratas, doam aquilo que tem. Doam amor, atenção, tempo, dinheiro,…doam aquilo que tem dentro de si! Retribuem ao mundo, de alguma forma, aquilo que receberam.

Esses são os 2 indicadores que atestam se você vive em gratidão ou não.

 

Felicidade e doação.

 

Se você não está feliz e se você não doa, algo precisa ser ajustado.

 

Um detalhe! A gratidão é setorizada. Age conforme o foco que você dá. Mas sobre isso, falo na semana que vem!

 

Para o momento, perceba-se: Como está sua felicidade e doação?

 

Ótimo final de semana e feridado!!

 

Beijos,

Luciana

———–

Nosso encontro de Gratidão está marcado! Dia 27/05 – aqui em São Paulo!

Garanta sua vaga o mais rápido possível!! CLIQUE AQUI

Quero te conhecer pessoalmente!!

manha de gratidao

Manhã de Gratidão

 

 

Isso mesmo!!!

Nosso primeiro encontro, ao vivo e em carne e osso!! Será uma manhã de gratidão maravilhosa!

Será dia 27/05/17 às 10h.manha de gratidao

O lugar é aqui em São Paulo e não é muito grande, portanto, se você quer compartilhar uma manhã diferente comigo, com autoconhecimento e muita gratidão, reserve seu lugar agora!

 

CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O SEU LUGAR!

 

Vai ser muito bom conhecer você!!

 

Te espero!!

Luciana

 

 

Qual é o seu nível de gratidão?

Vou começar com uma pergunta… “Qual é o seu nível de gratidão?”

De cara a resposta seria, muito, pouco, pode melhorar…você me responderia a nível quantitativo, eu suponho.

Mas a pergunta que te faço é a nível de profundidade.

São Tomás de Aquino descreve em sua obra “Tratado da Graça”, três níveis de gratidão.

O primeiro nível é o de reconhecimento intelectual – aquele em que somos gratos por educação, que fomos ensinados desde muito pequenos, um agradecimento para cumprir protocolos. É uma gratidão que vem do plano do intelecto, eu agradeço porque fui educado a fazê-lo.

O segundo nível é chamado de nível de agradecimento, quando nos regozijamos por algo que alguém fez por nós. É uma gratidão impulsionada por uma emoção. Você recebe algo tão bom, tem reconhecimento por isso e, portanto, agradece. É neste nível, em que normalmente estamos quando fazemos os exercícios de gratidão.

E o terceiro e mais profundo nível de gratidão é o nível do vínculo. É o nível em que nos sentimos tão gratos, que tamanha gratidão, leva a criarmos um vínculo com o outro. O nível do vínculo faz com que nos comprometamos com o próximo. De certa forma, estamos tão agradecidos que nos sentimos obrigados a retribuir de alguma forma.

E a retribuição é livre, pode ser devolvida a quem fez o bem ou pode ser espalhada pelo mundo, como vemos pessoas, por exemplo, que ficam curadas de câncer e se empenham em ações concretas para prevenção de outros, ou como aquelas pessoas que percebem a grandeza de Deus em suas vidas e oferecem algumas horas de trabalho voluntário em prol de alguma causa, ou aquele filho que por amor e gratidão, visita, dá atenção e cuida de um pai idoso, ou ainda, aqueles que sentem-se tão agradecidos em receber palavras de conforto e saem falando para todo mundo daquele texto que leu ou do vídeo bacana que assistiu.

Cada um encontra o seu jeito de retribuir…

Estamos expostos diariamente à oportunidades de exercer a gratidão nestes três níveis, ora estamos em um nível, ora em outro, e quando estamos no nível mais profundo, estamos experimentado alegrias e sensações que inundam nosso ser de gratidão e amor.

Diante destes níveis, eu refaço minha pergunta:

“Qual é o seu nível de gratidão?” Qual é o mais frequente em sua vida?

Eu celebro você neste dia, por ter lido mais esse email e agradeço porque você está aí do outro lado se desenvolvendo e se tornando melhor a cada dia.

E consequentemente, me fazendo melhor também!!

Obrigada!

Obrigada!

Obrigada!

Eu me sinto comprometida com você!!

 

Fique com Deus!

Luciana Cairo