Desenvolvimento Intelectual

Agenda lotada? O que fazer primeiro?

Há dias, que por mais que você tenha uma boa gestão de tempo, sua agenda lotada tem compromissos caindo pelas páginas, não é mesmo? Aí vamos deixando uma coisa aqui, outra ali, até que o grande caos acontece! Com tantas pendências como organizar uma nova semana?

 

Aqui vão 5 dicas que uso no meu dia a dia e tem dado certo:

  • Qual é o tamanho do caos da sua agenda?

Para ser bem prática, eu costumo listar tudo que preciso fazer ou deixei de fazer, reuniões, atividades, compras, e-mails…Com tudo escrito, consigo visualizar o tamanho do problema.

  • Classifique as atividades.

Se as atividades estão aí até agora é que não eram tão importantes para você. Analise cada uma delas, veja o que pode ser excluído ou delegado a alguém. Nas atividades restantes, aquelas que você fará, mensure o tempo que gastará em média com cada uma.

  • Faça um planejamento

De posse dessa lista, planeje a execução das mesmas e lembre-se de priorizar as urgências. Nesta semana de colocar a casa em ordem, diga não às atividades que roubam o seu tempo, diminua ou evite as reuniões e seja realista com sua situação.

  • Peça ajuda

Isso mesmo! Peça ajuda a seus parceiros, familiares, chefes, seja lá quem for que participa de sua vida pessoal ou profissional a qual sua agenda anda atolada. Negocie!

  •   Comprometa-se com você.

Ninguém mais quer ver sua agenda redonda mais do que você, portanto, comprometa-se em cumprir seu planejamento. Talvez você precise trabalhar um pouco mais, mas valerá a pena

A organização da sua agenda fará grande diferença em seu dia a dia, trazendo-lhe segurança e equilíbrio para realizar seus projetos e sonhos, portanto, vale a pena dedicar-se a fazer com que ela aconteça de verdade.

 

Luciana

Como ter mais tempo

Mãe, você tem tempo?

 

Acorda cedo, faz café da manhã, prepara lancheira, faz compras, pega criança na escola, paga contas, faz ginástica, dá banho no bebê, faz as tarefas da casa, trabalha….se eu fosse listar as atividades de um dia de uma mãe, levaria o texto todo!

 

Mesmo assim, escuto perguntas do tipo, você tem tempo para fazer isso? Como você arruma tempo para isso? Como ter mais tempo?

 

Se há uma coisa justa nesse mundo, ela se chama Tempo.

É igual para todo mundo, do mais rico ao menos favorecido.

 

O que diferencia é a forma como cada um usa o seu.

 

Christian Barbora, no seu livro a Tríade do Tempo, divide as atividades que consomem o tempo em três partes:

 

Importante

Urgente

Circustancial

 

Importante – São as coisas que trazem resultados e tem tempo para serem feitas.

  • São atividades que podem esperar horas, dias, semanas etc.
  • Você tem uma sensação positiva na execução do importante.
  • É a esfera da estrada certa, na qual você coloca seu carro e sabe que na linha de chegada estará o resultado planejado
  • Por ex.: o planejamento estratégico, reuniões de monitoramento, trabalhos realizados para prevenção de problemas, lazer, exercícios fisico, estabelecimento de parcerias, orações, ajuda ao próximo, etc…
  • A tarefas importantes tem prazo para ser feitas, do contrário elas seriam urgentes, proporcionam prazer em serem executadas, em geral são espontâneas

 

 

Urgente – A esfera da urgência abrange todas as atividades na qual o tempo está curto ou acabou.

  • São as atividades que chegam em cima da hora, que em alguns casos não podem ser previstas.
  • Essas atividades geram pressão, estresse, correria.
  • O maior erro das urgências é defini-las como prioridades, assim muitos se preocupam em priorizar as urgências. Muitas pessoas fazem isso inconscientemente por se sentirem bem em serem as solucionadoras de problemas que ninguém resolveu, e assim se sente atuando no papel de herói.
  • Se fizer uma analogia da sua vida com um voo de avião, você está na posição de piloto ou passageiro?

 

Circunstancial – cobre as tarefas desnecessárias, sem resultados.

  • São os gastos de tempo de forma inútil,
  • Tarefas feitas por comodidade ou por serem ‘socialmente’ apropriadas.
  • É a esfera da estrada que não leva a lugar nenhum
  • Por ex.: uma visita que chega de surpresa, o cafezinho, etc…
  • Podem ser importantes ou urgentes para outras pessoas, mas não para você
  • São coisas que você faz em excesso e acaba perdendo tempo desnecessariamente
  • Estão contra sua plena vontade
  • Você aceita por educação, por condições ou por medo de dizer não
  • Geram a sensação de insatisfação, angústia, saturamento, decepção.

 

 

Então, como você está usando o seu tempo?

Está atendendo mais ao urgente? Há um equilíbrio entre a tríade?

 

Segundo o autor, a tríade mais adequada para se usar o tempo é focar 70% do seu tempo nas tarefas importantes, 20% nas tarefas urgentes e 10% nas tarefas circunstanciais

 

Agora me responda nos comentários, como anda seu tempo?

 

Nos próximos posts falamos mais sobre o tão especulado Tempo!

 

Tic Tac Tic Tac

 

Luciana Cairo

Apaixonada!

Pensa aí…quais são as sensações de se estar apaixonada ou apaixonado?

 

Coração que bate mais forte, mãos suadas, boca que não para de falar sobre o outro, sorrisos, alegrias, planos, energia, determinação, realizações…e muito mais!

 

Tenho certeza que você já experimentou a paixão. Não falo da paixão somente por outra pessoa, falo, também, da paixão por algo, como um lugar, uma viagem, um trabalho. As sensações são semelhantes.

 

Estar apaixonada por um dos meus trabalhos que é escrever me causa uma porção de sensações boas, me move a pensar no outro e o que ele quer ouvir, me tira da rotina, me faz presente no agora.

 

Paixão nos move para o bem! E ignorá-la é bobagem.

 

E temos muitas paixões! E por vezes as colocamos na gaveta.

 

Desafio você a resgatar uma de suas paixões e vive-la intensamente. Comece aquele curso de pintura, volte a cantar, chame os amigos para dançar, busque um novo trabalho, cozinhe para alguém, faça uma caridade…não sei qual a sua paixão, mas você sabe!!

 

Saudações apaixonadas!!!

 

Luciana

Por que as pessoas falham?

Durante a vida, uma pessoa normal acumula experiências das mais variadas. Ao longo da vida intercalamos erros e acertos que compõe todo o nosso ” banco de dados”, onde a experiência fica armazenada.

E por falar em experiência , recentemente assisti a uma apresentação, onde o palestrante citou um dado de uma pesquisa( infelizmente ele não citou a fonte primária deste dado ) que apontava que o fator COMPORTAMENTO seria responsável por cerca de 87% do insucesso profissional. Ou seja, a forma inadequada como o indivíduo se comporta frente ao desafios profissionais, ao lidar com as pessoas, sejam clientes ou colegas de trabalho seria um importante fator determinante do revés no ambiente de trabalho.

Há muito tempo me deparo com pessoas que apesar de estarem estabilizadas profissionalmente, ainda se queixam por não se sentirem realizadas profissionalmente. E me pergunto então , se o COMPORTAMENTO citado na pesquisa não seja o resultado da falta de um PROPÓSITO VERDADEIRO… me refiro àquele propósito que move todas as nossas energias interiores e que canalizam as nossas melhores intenções para se atingir uma Meta.

E para finalizar fica uma pergunta: O que de fato, nos move?O que de fato, nos deleita? O que faríamos se tempo e dinheiro não fosse um problema? Ao respondermos estas questões podemos começar a perceber o nosso PROPÓSITO DE VIDA. E descobrir então que nunca é tarde demais para ajustar as velas do barco, e ir ao encontro de nossos maiores sonhos!
As melhores páginas de nossas Histórias de Vida ainda estão por serem escritas! Que tal nos dar essa chance?
Isto me faz lembrar de uma música do cantor Guilherme Arantes que diz que ” o melhor da vida vai começar…” E se depender de nós, vai mesmo!

Braz Cairo