Comportamento: fator chave para a realização

Comportamento: fator chave para a realização

Existe uma dado conhecido no meio Corporativo que postula que 87% dos fracassos em projetos pessoais advém de fatores comportamentais.
Certamente você, assim como eu e milhões de pessoas, chega ao final de mais um ano, percebendo tristemente que algumas das resoluções propostas no mês de Janeiro não foram colocadas em prática…ai, ai…
É sabido que toda jornada começa com o primeiro passo, mas, o que fazer com aquela empolgação inicial que nos leva a fazer as mais tresloucadas promessas que depois de um tempo se esvai até que não se tenha mais nenhuma motivação para continuar caminhando?

 

Já ouviu aquele ditado  ” nadar, nadar e morrer na praia?…”

 

Isso acontece porque não basta tomar a decisão apenas da boca para fora, não basta escrever seus projetos em planilhas (e a cada hora se criam planilhas de desenhos diferentes…), não basta fazer promessas aos santos se seus projetos forem alcançados…

 

O que torna um planejamento executável é o quanto seu comportamento sobre ele está comprometido. Você pode estar pensando…”eu sou comprometido com minhas metas, mas mesmo assim, elas não avançam, não saem do papel.” Isso acontece mesmo! E sabe por que? Porque antes de escrevermos nossas metas, planejarmos nosso próximo ano, precisamos mexer em aspectos internos e buscar a causa de ficarmos empacados em certos projetos e atitudes.

 

Em nossa jornada de autoconhecimento, entre outros recursos, descobrimos a hipnose.

 

Eu, Luciana, como você talvez, tinha muito preconceito quanto à hipnose, imagens estereotipadas associadas à charlatanismo. Pense numa pessoa cismada. Essa era eu. Pensava que iam me fazer falar o que não queria, que ficaria inconsciente, que até flutuaria! (se você passou pelos anos 80, lembrou-se do desenho do pica-pau com certeza!rs). Toda essa história merece um outro texto., um outro dia.

 

E não é nada disso! Os benefícios da hipnose são sem sombra de dúvida, quando executados por pessoas competentes, transformadores!

 

Te contei isso apenas para dizer que  planilhas de metas para 2015 não te ajudarão se, seu comportamento, chave para a realização,  não se transformar.

 

Se, como se diz por aí, para organizar a vida em 2015 o primeiro passo é fazer um planejamento, o pré-passo é buscar a transformação do comportamento.

 

Busque a transformação!

Boa semana!

Braz e Luciana

P.s. Já te falamos que nosso professor e amigo Valdecy Carneiro está disponibilizando para você, assinante da nossa newsletter um curso totalmente gratuito de hipnose?! Isso mesmo!
As inscrições terminam amanhã dia 16/12.
Se inscreva ainda hoje e você irá aprender a melhorar seus comportamentos e extrair muito mais da sua vida!

Clique Aqui!