Medo de errar

“Uma das coisas mais comuns que temos a enfrentar diariamente é a preocupação” ( Albert E. Cliff)

Quando li esta frase recentemente, logo concordei com o autor, que inclusive comentava que a preocupação sempre vem de alguma espécie de medo, “que é o nosso maior inimigo”.
E não é pra menos, pois o medo, seja ele consciente ou não, produz uma série de fenômenos físicos, desde uma úlcera estomacal até moléstias cardíacas, que interferem no bem estar e impedem a pessoa de ter uma vida mais rica e produtiva.
Dizem que todos temos três medos principais, e que devemos o quanto antes identifica-los para que a sua ação não venha a limitar a nossa vida. E um dos medos mais comuns, é o MEDO DE ERRAR, que paralisa a vida do indivíduo e o impede de tomar decisões e ir adiante na direção de se ter a vida que se quer ter.

Se grandes nomes como Thomaz Edison fossem tomados pelo medo de errar (ele tentou cerca de 3000 teorias para desenvolver a lâmpada) deixaríamos de usufruir de invenções que utilizamos até hoje.

A Disney não existiria se seu criador tivesse medo de fracassar, Walt Disney foi demitido em vários trabalhos, faliu seu primeiro estúdio e, mesmo assim, continuou.

Eu, e provavelmente você, não saberíamos andar de bicicleta se não tivéssemos insistido em levantar dos nossos tombos. Criança naturalmente não tem medo de errar, ela fixa no seu objetivo e segue em frente.

Existem milhares de exemplos como este, de pessoas que não tiveram medo de errar, que enfrentaram suas dificuldades e perseveraram.

A boa notícia é que, segundo pesquisas, 90% de nossas preocupações jamais ocorrerão, ficarão apenas em nossos pensamentos.

Então ? Qual medo você quer superar essa semana?

Volte a ser criança, foque seu objetivo e aja!

Bola pra frente, sem medo de ser feliz!

Abraços fraternos,

Braz e Luciana