amor

Me permiti!

Me permiti!

 

Hoje me permiti acordar depois que senti que dormi suficientemente;

Me permiti colocar açúcar no café;

Me permiti andar e correr, sem olhar o tempo e a velocidade;

Me permiti, não contar as calorias;

Me permiti comer quando tinha fome;

Me permiti tomar toda a água da jarra sem ter que repô-la;

Me permiti tomar banho num horário não casual;

Me permiti amar mais que criticar;

Me permiti ler críticas e não me zangar com elas, apenas tentei enxergar como o outro;

Me permiti ouvir uma música de um artista que nunca vi;

Me permiti experimentar uma comida nova;

Me permiti usar uma roupa que há tempos não usava;

Me permiti ler um livro inteiro em um só dia;

Me permiti deixar para depois aquilo que depois terei que fazer mesmo;

Me permiti ficar com raiva;

Me permiti testar minha resiliência.

Me permiti amar as diferenças;

Me permiti respeitar as diferentes vidas que se manifestam ao meu redor.

Me permiti sorrir para as paredes;

Me permiti sorrir para quem me pisou os pés.

Me permiti comer uma bobeira à noite;

Me permiti cochilar;

Me permiti dormir na hora que o sono veio;

Me permiti sentir emoções o dia inteiro…

Me permiti rezar com a alma e sem ela;

Hoje, me permiti ser eu mesma, com defeitos, com vontades, com mais amor…

Me permiti

Ser humana!

 

Luciana Cairo