mudança

7 coisas que você deve parar de fazer hoje!

7 coisas que você deve parar de fazer hoje!

 

 

Sempre é tempo de mudar, não é mesmo?

Só porque é sexta-feira, não significa que você deve engavetar tudo e ficar esperando pela próxima semana!

Pois bem!

Pequenas mudanças que fazemos no nosso dia a dia, na nossa mente, geram resultados extraordinários!

E hoje eu vou te contar sobre 7 coisas simples que você dever parar de fazer para que mudanças na sua vida possam começar a acontecer.

1- PARE DE FUGIR DOS SEUS PROBLEMAS

Todo problema dói. Tenha certeza.

E porque dói, ficamos fugindo deles, esperando soluções milagrosas.

Se tem uma coisa que aprendi ao longo da minha experiência como coach e trainer, que carrego para a minha vida pessoal, foi me encarar os problemas e se responsabilizar por eles.

“O problema é meu e eu tenho que resolver, não o outro!”

Se o problema for grande demais, fatie! Fica mais fácil em porções menores.

 

2- PARE DE MENTIR PARA SI MESMO

Embora não seja ético, o ser humano, consegue mentir para qualquer pessoa, menos para si mesmo. Enganar-se é uma pura ilusão porque seu cérebro fará com que sinta alívio momentâneo, mas ao mesmo tempo, imprime uma espécie de falha em seu comportamento.

Se as coisas não vão bem, admita! Se você tem problemas de relacionamento, procure uma solução, mas não finja para si que está tudo bem.

Mentir para si, como diz o ditado, é tampar o sol com a peneira.

 

3- PARE DE TENTAR SER ALGUÉM QUE VOCÊ NÃO É

Vivemos num mundo que nos engessa e nos diz todos os dias, o que vestir, o que comer, onde se divertir, com quem andar, o que ler, o que assistir…

E para sermos aceitos, frequentemente assumimos ou tentamos assumir personalidades que não são nossas!

O cabelo da pessoa X, o corpo da Y, o carro da Z…

Somos seres materialmente iguais e essencialmente diferentes.

E a felicidade só nos acompanhará quando formos nós mesmos, sem máscaras e sem rótulos. Conhecedores de nossos limites e potenciais.

 

4- PARE DE TER MEDO DE ERRAR

Thomas Edson, após dez mil tentativas de fazer a lâmpada, declarou que não falhou, apenas encontrou 10 mil maneiras de como não fazê-la!

O erro faz parte da aprendizagem!

Cada erro que cometemos, nos dá a oportunidade de pensar em novas soluções.

Certamente nos arrependemos muito mais das coisas que deixamos de fazer do que dos erros que cometemos.

 

5- PARE DE TENTAR COMPRAR A FELICIDADE

A gente até se endivida para ter algo que acreditamos nos trazer felicidade. Já aconteceu com você, de querer tanto uma coisa e depois de longa espera e duro sacrifício, em uma semana de uso, você já estava inteiramente entediado com aquilo?

A felicidade está na satisfação dos nossos valores. Quando desejar comprar algo que não pode, pergunte-se: o que tal coisa me traz? Me beneficia? E você ficará surpreso em saber que poderá ter o resultado esperado com coisas muito mais simples.

 

6- PARE DE PENSAR QUE VOCÊ NÃO ESTÁ PRONTO

Ei! Ninguém nunca está pronto!! Se você está aí parado com seus projetos, esperando a hora de estar 100% pronto, você está perdendo sua vida!

A gente vai ficando melhor ao longo do caminho. Não espere mais. Aja!

 

7- PARE DE RECLAMAR E SENTIR PENA DE SI

A pior coisa que você pode estar fazendo para si é ter autopiedade. “eu sou um coitado, infeliz de mim, sou a vítima…”

A vida não é fácil para todo mundo, nem por isso, devemos teme-la, é preciso enfrenta-la!

Experimente trocar suas reclamações em relação a si e ao mundo por pensamentos e afirmações de gratidão. É como sintonizar uma onda de rádio, as coisas vão ficando mais claras…

 

Veja só! Se você não sabia por onde começar, agora já tem 7 coisas para parar de fazer hoje e celebrar as mudanças imediatamente.

Eu te desejo um ótimo final de semana, cheio de mudanças e alegrias!!

Abraços!!

Luciana

A vida é assim! (será?)

A vida é assim! (será?)

Você trabalha seis dias por semana, doze horas por dia. Dá a sua família tudo do bom e do melhor, casa confortável, carro do ano, viagens periódicas, roupas de marca, escola particular de alto nível, ótimos restaurantes, melhores tecnologias, casa na praia, festas, consumo…Cumpri seu papel, não é mesmo?

Com essas conquistas, alguns problemas de saúde apareceram, mas que Graças a Deus, você pode pagar pelo tratamento caro!

Ao longo do caminho, você abriu mão de algumas coisas, um tempo a mais com seu filho, um jantar com seu cônjuge, uma reunião escolar, um almoço em família.

Nem tudo é perfeito, um de seus filhos está meio revoltado, mas é “coisa da idade”.

Seu cônjuge pouco fala com você, porque ele aprendeu a suprir sua ausência de outras formas…

Há um vazio no seu peito, uma busca por algo que você ainda não encontrou neste mundo e não sabe por onde procurar…

Você tem amigos? Parece que sim, embora eles apareçam sempre em ocasiões festivas. Quando você precisa de ajuda, eles estão ocupados, mas a vida é assim, todos tem seus compromissos, afinal, você já passou por isso também.

Você tem sucesso no trabalho, mas não gosta dele. Mas porque reclamar, se ele já te trouxe tanto, não? Ao longo do tempo, seus colegas de trabalho te “respeitam” porque viram que com você o negócio é diferente, resultados acima de tudo e qualquer pessoa.

Aquele projeto que ia mudar o mundo, você já engavetou há muitos anos!

Você anda meio irritado, meio sem paciência. O mundo está cinza para você! Mas a vida é assim, tanto trabalho, tanto com que se preocupar, a gente fica cansado.

Você cumpre seus preceitos religiosos porque isso vem de família. Você não vê o sentido mas não tem tempo para cuidar de sua alma agora, quem sabe, quando estiver mais velho, aposentado…

Você convive com tantas pessoas, está cercado de gente o tempo todo, mas sente solidão frequentemente.

Você doa dinheiro à instituições, mas não consegue visitar um doente.

Você critica a educação do país, mas não para na faixa de pedestre.

Você prega pela moral, mas assiste ao big brother.

Você, você, você, eu, eu, eu…nós!

 

A vida é assim! Será?

 

Acredito que não!

Nem cá, nem lá, mas em equilíbrio!

Com Deus, com o outro, com a natureza e com você mesmo!

 

Busque e acharás!!

Sempre é tempo!!

 

O começo de tudo

Olá! Como vai?

Espero que estejas bem e com saúde! O restante a gente conquista!

 

Semana passada falamos sobre ações do passado e do futuro e deixei no ar o assunto de hoje, tá lembrado?

 

Pois bem, hoje vamos falar sobre o COMEÇO DE TUDO!

Tudo que acontece em sua vida, tanto o que te emociona quanto o que te desafia, começa com uma DECISÃO.

 

Toda e qualquer ação em sua vida é precedida por uma decisão.

 

“Nos momentos de decisão que seu destino é moldado” Tony Robbins

 

Eu adoro esta frase! Ela é simples e diz muito! Quando decidimos de fato por algo, nosso destino está sendo traçado, pois nossas ações e esforços vão ser direcionados naturalmente para o objetivo.

Como dissemos semana passada, se você tivesse tomado alguma decisão diferente há dez anos, como estaria sua vida agora?

 

O que determina nosso destino são as decisões que tomamos e não a condição de vida em que estamos!

 

É certo, e você deve estar pensando isso, que há pessoas que já nasceram com vantagens, nasceram ricas, magras, bonitas, saudáveis…contudo, conhecemos exemplos de pessoas que superaram suas condições financeiras ou de limitações físicas e se tornaram grandes conquistadores, chegaram onde queriam. Posso citar alguns nomes: Oprah, Ghandi, Madonna, Geraldo Rufino, Gisele Bundchen… cada um com sua história de vida, suas limitações mas que bastou uma decisão para que suas vidas mudassem por completo!

 

Eu ou você podemos ser um exemplo como qualquer um desses, basta que decidamos!

Ninguém é obrigado a viver seus dias como há dez anos, ninguém é obrigado a trabalhar naquilo que não gosta, ninguém é obrigado a viver no bairro ou na casa que não se sente bem.

 

Mas para que a mudança ocorra há de se tomar uma decisão!

 

E se não tomarmos nenhuma decisão sobre quem queremos ser ou fazer, já tomamos uma decisão, concorda? Deixaremos que outros decidam por nós!

 

Infelizmente as pessoas não se empenham em suas mudanças porque estão ocupadas arrumando desculpas.

 

A palavra DECISÃO tem origem latina e significa “cortar fora as possibilidades”, ou seja, no momento em que você decide, você tira da sua frente qualquer outra possibilidade, aceitando somente o resultado que está buscando.

Na maioria das vezes, anunciamos preferências, “eu gostaria de ser magra…” “eu gostaria de um salário melhor…” tudo isso, desde que eu não tenha que fazer nada. Preferências não são decisões. Veja o exemplo de um ex alcóolatra, ele sabe que depois de sua decisão de parar de beber, não há outra possibilidade, ele não pode dar apenas um golinho de álcool…

 

O nosso grande problema é que estamos vivendo por preferências e não por decisões. Decidimos tão pouco sobre as coisas que vamos ficando enferrujados. Há pessoas que sofrem até para decidirem o que vão comer ou vestir.

 

Decisões se aprendem decidindo!

Quanto mais você tomar decisões próprias mais você estará apto a decidir pelo melhor para você, essa é a dica de hoje!

 

Decida-se e não sofra da Síndrome das Cataratas!

Não sabe o que é Síndrome das Cataratas? Então, estique um pouquinho mais de seu tempo de leitura e clique aqui para saber!!

 

Meus amigos, desejo uma semana repleta de boas decisões para você!!

 

Um beijão,

Luciana

Síndrome das Cataratas

Em alguns textos que escrevo menciono a síndrome das cataratas, então resolvi escrever sobre ela para que você a conheça e fuja dela!!

Algumas pessoas sofrem dessa síndrome, eu mesma já a tive com alguma frequência! Rs!

 

Imagine pessoas que caíram em um rio muito grande sem saber onde estão e nem para onde vão, apenas deixam-se levar pelo curso da água.

Ao chegarem em uma bifurcação, não escolhem e deixam que as correntezas as carreguem.

Vão se acostumando às correntezas dos medos, dos acontecimentos cotidianos, das condições de suas vidas e vão seguindo o fluxo.

Até que um dia despertam com o barulho das cataratas logo a sua frente, esse barulho, pode ser uma doença, uma desilusão amorosa, um desemprego…e de repente, essas pessoas até se veem em um barco, mas um barco sem remo, e inevitavelmente, elas caem, pois nunca sem preparam para isso.

 

Sofre dessa síndrome, aqueles que permitem que o seu cérebro inconsciente continuem tomando decisões que foram instaladas por pais, professores, programas de televisão, propagandas…

A boa notícia que podemos acessar conscientemente a área das decisões e, assim, saber o que queremos ser e fazer, tomando as rédeas das nossas próprias vidas!

Fuja da síndrome das cataratas! Quando você ouvir a cachoeira, esteja preparado, você pode até cair, mas vai saber como se levantar!!