valem ouro

Pequenas coisas que valem ouro

Experimento a cada dia pequenas coisas que valem ouro! Logo pela manhã gosto de ler ao pé da minha janela, enquanto ouço o canto dos pássaros que se aninham na mangueira do quintal vizinho.

Esta manhã não foi diferente. Um ventinho frio soprava os meus pés, ainda de chinelos, enquanto eu lia meu livro da semana.
E por volta das 9 horas, uma voz ressoou lá do quarto: “- mãe?!”
E uma bela princesinha desceu as escadas e pulou em meus braços com o mais lindo sorriso que alguém pode dar ao levantar!
Beijei seu rosto e seu cangotinho e ela de olhos fechados, curtindo o momento, pediu um pouco mais. (Vale mais que ouro!!!)
A alegria dela é contagiante! Ela sorri, dá carinho, e proclama diariamente…”eu estou animada!”
Há tempos tenho o hábito de observar pequenos acontecimentos na minha vida que remetem a grandes aprendizados. Desse, tiro duas observações.
A primeira é em relação a postura da Malu ao acordar, um exemplo a seguir. Seu sorriso e alegria são formas naturais de gratidão por mais um dia que se inicia. Sua declaração de animação coloca-a num estado de ação para o que der e vier!
Eu mesma, já acordei emburrada, entristecida, de mau humor e de pouco amor. Quem nunca?
O segredo é imitar os pequeninos!
Tenho me comprometido em dar graças, no meu caso, a Deus, pela vida, antes mesmo de abrir os olhos na minha cama, penso em coisas e pessoas que me alegram e que me deixam feliz e repito várias vezes “hoje serei feliz”!
A segunda observação é a respeito da escolha que fiz.
Trabalhando duro como eu estava (não que eu esteja trabalhando pouco agora, é que agora estou mais perto, fazendo o que gosto, distribuindo melhor o meu tempo), raramente conseguia ter momentos mágicos como este que ficam eternizados em mim e nos meus filhos.

Penso o quanto a ausência da mãe fere seus filhos, independente de suas idades.

[E ai, começo, sem esforço, a trabalhar. Como uma lanterna, minhas ideias mirabolantes se acendem para criar meios que ajudem mães e filhos do mundo a sentirem e viverem esse amor sem limites. Mais um motivo para estar curtindo tanto esse momento da minha vida…]

 

Exercite, você também, a percepção das pequenas coisas que valem ouro na sua vida! É muito proveitoso!!

Au revoir!!!

 

Luciana