valores

Pão e valores!

Pão e valores!

 

Das minhas lembranças de criança, fazer pão caseiro com minha mãe é uma das mais agradáveis.

 

E isso se tornou um hobby. Adoro fazer pães, já experimentei várias receitas, vários modos de preparo e cheguei na minha própria versão, hoje, mal uso receitas, vou criando e a cada fornada uma surpresa de sabor. Hoje fiz um de aveia!

 

A cada pão que fazia com minha mãe, ela mergulhava a gente em histórias da sua mãe, minha avó.

 

A cada fornada de pães caseiros, reforçavam-se em mim valores próprios de minha família.

 

Minha avó era filha de imigrantes, morava na fazenda e o pão era feito uma vez por mês…tiravam um dia inteiro para fazer cerca de 30 grandes pães.

 

E hoje, quando eu sovava minha massa, todas essas lembranças vieram a minha mente e me encheram de emoção.

 

A maneira de fazer pão da minha avó era diferente da maneira de minha mãe e diferente da minha maneira, mas o sentimento de prover alimento e prazer à perpassa por todas as gerações.

 

Fazer pão aqui em casa é motivo de festa, todos gostam de participar, de ouvir as histórias enquanto amassamos o pão ou quando esperamos que a massa cresça.

 

E quando pronto?

 

É o auge da satisfação, tanto para quem fez, quanto para quem come!

 

Como tradição, nunca comemos nosso pão caseiro sozinhos, ele é repartido com outra família, alegramos outros estômagos que o recebem cheios de alegria e gratidão.

 

E, assim, de mãe para mãe, valores de amizade, de doação, de amor, de gratidão aos antepassados vão se dissipando pelas gerações em pequenos momentos, momentos mágicos e únicos que estão presentes em nossas vidas e que muitas vezes nem nos damos conta.

 

Eu preservo e cultivo esses valores nos meus filhos, porque não haverá futuro digno, se o passado não for respeitado e valorizado. E assim, aprendendo com o que já foi feito, vamos aprimorando e fazendo cada vez melhor.

 

Abraços valorosos!

Luciana Cairo

Já conhece nosso projeto Mães de Valor?

Clique aqui, conheça e faça parte!

11696811_1014870248523250_885785955_n

 

Mães de Valor

11692983_1022093931135071_1431092689_nMães de Valor

 

Mães de Valor é um projeto que está sendo co-criado por mais de 20 mulheres que desejam compartilhar suas experiências em viver suas múltiplas tarefas de forma equilibrada.

 

O projeto compartilhará valores, histórias e sonhos para que, mulheres e mães, conectadas, possam apoiar umas as outras no dia a dia, no autoconhecimento, empreendedorismo e missão!

 

Não é verdade que nós mães, as vezes nos sentimos cansadas, sem estímulo e sem direção? Queremos cuidar de nossa família, queremos deixar a casa e as atividades em ordem, queremos ser reconhecidas, queremos ter nossa própria renda,…queremos realizar nossos sonhos e não sabemos por onde começar ou em quem nos apoiar.

 

Nesta grande rede de mães que se forma por todo o Brasil, teremos o necessário para conquistarmos uma vida em plenitude.

Mães de Valor terá espaço para textos, vídeos, conteúdos e encontros exclusivos a fim de apoiar as mães em suas mais diversas necessidades.

 

E mais! Você, mãe, poderá colaborar conosco, expor suas necessidades e contar sua experiência para que sirva de exemplo e motivação para outras mães mundo afora!

 

O que está esperando?

 

Venha fazer parte da rede “Mães de Valor”!

setas-para-baixo

Clique Aqui para FAZER PARTE e receba grátis o ebook

“28 Ideias Inspiradoras para Mães trabalharem a partir de casa”

Qualquer caminho (NÃO) serve!

Conhece aquela frase: para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve!

 

Olá! Espero que esteja bem, você e sua família!

 

Quando decidi que não queria mais minha carreira corporativa para ficar perto dos meus filhos me deparei com um novo desafio. Não o desafio da decisão de mudar de vida e de tudo que ela acarretaria, das coisas que precisaria ressignificar ou adaptar. Um desafio maior: eu precisava saber o que eu realmente queria.

 

É muito comum sabermos o que nós não queremos. No meu caso, não queria mais viajar por tanto tempo, não queria mais ser ausente no acompanhamento dos meus filhos, não queria mais trabalhar 12 horas por dia…uma lista imensa de coisas que eu não queria.

 

Mas o que eu queria de fato? Aí o bicho pegou! Passei tanto tempo vivendo no automático, vivendo a vida dos outros e pelos os outros, que quando precisei tomar a frente da minha própria vida novamente, não sabia o que queria.

 

Qual rumo minha vida tomaria? Qual caminho eu queria seguir? O tempo foi passando e para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve. Mas eu estava atenta a isso e soube pedir ajuda na hora certa. Para mim, qualquer caminho não servia!

 

Para resolver isso, usei minha bússola pessoal, todos nós temos a nossa. Sim! Você também tem a sua! Essa bússola é o conjunto dos nossos VALORES! Amor, sucesso, liberdade, intimidade, segurança, aventura, poder, paixão, conforto, saúde…são alguns exemplos.

 

Se quisermos uma realização profunda em nossas vidas só a alcançaremos decidindo o que mais desejamos, quais os nossos maiores valores, e em seguida nos comprometermos a viver cada dia à luz dessa decisão.

 

Os valores determinam o caminho para a felicidade!

 

Se há alguma coisa que você faça atualmente e que não esteja de acordo com o que você acha certo, contra seus valores, não há congruência entre seus valores e seus objetivos. No meu caso, valorizo muito a família, como poderia ausentar-me tanto dos seus cuidados?

 

Qualquer caminho não serve!

 

Beijokas!!!

 

L.

P.s. Uma dica para usar melhor a sua bússola é fazer uma lista dos valores importantes para você. Feito isso, atribua notas de 1 a 10 para melhor classificá-las e você encontrará os seus maiores e melhores valores.